J. Pinto Leitão apoia a exposição “A Casa da Democracia: entre Espaço e Poder”

A exposição “A Casa da Democracia: entre Espaço e Poder”, estará patente na Casa da Arquitetura — Centro Português de Arquitetura, de 17 de fevereiro a 15 de abril de 2018.

Esta é sobre a forma como se cruzam a transformação arquitetónica do Palácio de São Bento e a evolução política de Portugal, pretendendo dar a conhecer um público mais vasto os vários espaços que compõem o conjunto edificado da Assembleia da República e, também, estabelecer um pensamento crítico sobre as relações entre espaço e poder.

A mostra conta com uma peça central desenhada por Luísa Bebiano, com a curadoria de Susana Ventura e com o apoio da J. Pinto Leitão, que cedeu os painéis de madeira que compõem a totalidade da peça expositiva.

Esta exposição é pertinente para a área da Arquitetura, por se tratar do edifício atual da Assembleia da República, assento do Parlamento Português, que foi cenário e palco de importantes movimentos sociais e regimes políticos que determinaram o nosso destino histórico. Deste modo, a história que este edifício acumula é igualmente inseparável da história da arquitetura portuguesa, remontando ao final do século XVI, aquando da fundação do Mosteiro de São Bento da Saúde, desenhado pelo Arquiteto Balthazar Álvares e considerado um dos mais relevantes exemplos do estilo chão devido à sua monumentalidade e marca territorial, o que terá, certamente, potenciado a sua posterior adaptação a Palácio das Cortes.