A ORIGEM

Em 1899, Claudino Pinto Martins Leitão inicia negócio fora do Porto - Paços de Ferreira (negócio de província).

Em 1920, seu sobrinho, Joaquim Pinto Leitão, traz negócio para o Porto, estabelecendo-se na Rua do Bonjardim.

1945

Faleceu Joaquim Pinto Leitão, encontrando como seguidor o seu sobrinho Claudino Pinto Guimarães. Este constitui nesse mesmo ano, com apenas 22 anos de idade, no dia 20 de Abril, a sociedade por quotas J. Pinto Leitão, Lda.

1960-1970

Alargamento das instalações para a Rua Alexandre Herculano. J. Pinto Leitão inicia-se na compra de madeira no estrangeiro para distribuição em Portugal, que continua nos anos 70.

Em 1970, alargamento das instalações para Manuel Pinto de Azevedo - A cidade cresce e a J. Pinto Leitão cresce com a cidade. Começo em grande escala do negócio dos derivados.

1986-1987

Em 1986, falece Claudino Pinto Guimarães sucedendo-lhe a nova geração - seus três filhos mais novos, atuais membros do Conselho de Administração.

Em 1987, no ano seguinte adquire novas instalações fora do Porto para permitir o futuro alargamento da empresa (Maia)

1991-1996

Em 1991, J. Pinto Leitão é transformada em Sociedade Anónima.

Em 1996, empresa alarga-se para o Sul do país com instalações próprias em Benavente.

2008-2011

Aquisição e fusão de empresas concorrentes nacionais.

Em 2010 dá-se início à internacionalização para o exterior e uma aposta definitiva nos mercados internacionais.

Em 2011, centralização logística na Maia - área total: 76mil m2 / área coberta: 16mil m2

2017

Faturação da empresa:

63% mercado externo

37% mercado interno.

HISTÓRIA COMPLETA